segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Chagall, o peixe artista


O Chagall é o meu amigo e conselheiro em matéria de arte!Geralmente, para o delírio de seus conterrâneos, sua opinião costuma ser muito extremista quando o assunto é arte contemporânea.
Entendo seu dilema:o vazio existencialista já tão fora de moda não respondem as suas indagações nada efêmeras.
Ainda ontem me disse, em conversa reservada, que seu próximo trabalho será algo como uma espécie de fóssil gravado em placas de comida para peixe, prensadas em papel neutro.
Supra conceitual!
The Chagall is my friend and council member in art substance! Generally, for the delirium of its countrymen, its opinion is very extreme when the subject is art contemporary. I understand its quandary: the existencial emptiness already so old-fashioned does not answer its ephemeral investigations nothing. Still yesterday it said me, in colloquy reserved, that its next work will be something as a fossil species of recorded in plates of food for fish, pressed in neutral paper. It supplies conceptual!

4 comentários:

Carla disse...

Nossa..escreveu bonito né???
Tá lindo o Chagal!

Ainda bem que vc é lobo e não gato né? se não já o teria comido! rsrsrs

Te amo
Carla

Alexandre G.Vilas Boas disse...

Olha Nini, na verdade, por mim o Chagall estaria na natureza, afinal, artistas são sempre muito estranhos!Mas,como não tive escolha, partilhamos longas conversas sobre arte contemporânea!Ele me ensina muito!
beijos, meu amor.

Carla disse...

O Chagal sempre será lembrado!
Sinto muito!
Com carinho... Carla
Te amo

Alexandre G.Vilas Boas disse...

É Nini, meu amigo filósofo foi embora!
Obrigado.Te amo também.